Opala: mais de 40 anos de história

Ir em baixo

Opala: mais de 40 anos de história

Mensagem  Pedro em Seg Mar 19, 2012 11:52 am

Pessoal.

Curta história do Opala.
Boa referencia para quem ainda não conhece em profundidade.


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com

Há mais de 40 anos a GM lançava o seu primeiro carro de passeio nacional, o Opala. A apresentação oficial do sedã aconteceu no Salão do Automóvel de 1968, mas suas vendas se iniciaram no ano seguinte. Na edição de março de 1969 Autoesporte exibia aos brasileiros o primeiro teste do modelo, nas duas versões disponíveis na época: a 2.500 e a 3.800. A revista rodou três mil quilômetros e testou os modelos, pela primeira vez, com cronômetro eletrônico TR2 da Omega, “dotado de células foto elétricas, que permitem registrar em fita medições até 1/1000 s.” Uma modernidade na época. Hoje, Autoesporte testa seus carros com aparelho por GPS via satélite.

“Externamente, o Opala é praticamente igual ao Opel Reckord, com exceção dos frisos cromados (modelo de luxo), da grade dianteira e outros pequenos detalhes”, dizia o texto de apresentação. E não é de hoje que os carros produzidos aqui têm qualidade diferenciada (leia-se pior) que os “irmãos” lá de fora. “Internamente, é grande a semelhança com o Opel, ainda que, comparado em relação ao acabamento, o nosso deixe muito a desejar.”

As críticas sobre o Opala nacional prosseguiam. “O banco dianteiro é muito alto, não oferecendo apoio para as costas e, nas curvas, os ocupantes escorregam com facilidade. O assento traseiro oferece comodidade razoável, afetada pelo pequeno espaço para as pernas que ainda sofrem a interferência do túnel do cardã.” A avaliação também citou que as formas côncavas das janelas “ocasiona entrada de água nos dias de chuva.”

“O modelo mais tranquilo é equipado com motor 4 cilindros em linha com 2.507 cc que proporciona 80 hp. O 6 cilindros tem 3.770 cc e 125 hp. São os primeiros nacionais com tuchos hidráulicos. Ambos possuem a mesma taxa de compreensão (7:1). Em estrada (Via Dutra), andando a 100 km/h em média, obtivemos 9,32 e 6,71 km/l, respectivamente, para o 4 e 6 cilindros.”

O 4 cilindros acelerou de 0 a 100 km/h em 18,9 segundos - 5 s a mais que o 6 cilindros que obteve velocidade máxima de 170,6 km/h ante 145,7 km/h da versão com motor mais fraco.

Um ano e três meses após o primeiro teste de Autoesporte com o Opala, era lançada a versão esportiva SS, sigla usada pela GM americana para seus veículos nervosinhos. Além de visual exclusivo, no qual se destacam as faixas pretas sobre o capô e nas laterais, o SS estreava o motor 4.1 de 140 cv brutos a 4.000 rpm e transmissão manual de quatro marchas.

No final de 71, já como versão 72, a GM lançava a opção cupê do Opala ao estilo fastback, com ausência da coluna central. A versão com câmbio automático de três marchas na coluna de direção foi a principal novidade da linha 74. Alteração, de fato, aconteceu no ano seguinte quando o Opala passou por sua primeira reestilização. Grade, farol e para-choques receberam novo desenho. A Chevrolet aproveitou a oportunidade para lançar a perua Caravan e o Comodoro, versão com acabamento superior e teto de vinil.

Ao longo da década de 70 o Opala recebeu diversas mudanças mecânicas que aumentaram sua potência. Além disso, em 76, uma nova versão esportiva foi incluída na linha: a 250-S de 171 cv brutos. O Opala manteve o mesmo desenho por cinco anos. Na virada para os anos 80 ele passou por outra reformulação que, dessa vez, deixou suas linhas mais quadradas, como ditava a moda na época. Os motores a álcool surgiam na primeira metade da década.

Em 85, outra mudança no desenho, dessa vez mais sutil. Em agosto daquele ano, a Caravan, enfim, ganhava versão Diplomata, a topo de linha - era o carro nacional feito em grande escala mais caro do Brasil. Com as boas vendas do Monza, a GM teve que agir rapidamente para manter as vendas do Opala e, assim, em 88, ele passava por outro facelift e recebia faróis trapezoidais e lanternas que se espichavam por toda traseira - o bocal do tanque de combustível ficava “escondido” atrás da lanterna.

Quando completou um milhão de unidades vendidas, em 1992, a GM anunciou o fim da produção do Opala, que daria o seu lugar ao Omega. Em 16 de abril daquele ano, as últimas unidades saíram da linha de produção de São Caetano do Sul (SP), onde um grupo de entusiastas do Opala protestou em frente à fábrica contra o fim da produção do modelo. Hoje, estima-se que em todo o Brasil existam mais de 50 fãs-clubes do Opala que se reúnem para cultuar o que consideram “o melhor GM de todos os tempos.”

Smile Smile Smile
avatar
Pedro
Opaleiro de Carteirinha
Opaleiro de Carteirinha

Número de Mensagens : 168
Idade : 55
Localização : Joinville - SC
Data de inscrição : 02/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opala: mais de 40 anos de história

Mensagem  thiago_bomga em Seg Mar 26, 2012 2:59 pm

Aeee Pedrão!!!

Ótima leitura.... Cultura Opalística!!!!
avatar
thiago_bomga
Opaleiro de Carteirinha
Opaleiro de Carteirinha

Número de Mensagens : 262
Idade : 35
Localização : Gaspar
Data de inscrição : 17/12/2009

Ver perfil do usuário http://www.dextersistemas.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opala: mais de 40 anos de história

Mensagem  Zezé Opaleiro em Seg Mar 26, 2012 3:26 pm

boa amigo!!!
avatar
Zezé Opaleiro
Opaleiro Iniciante
Opaleiro Iniciante

Número de Mensagens : 43
Idade : 21
Localização : Caçador-SC
Data de inscrição : 15/02/2012

Ver perfil do usuário http://opalasantigos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opala: mais de 40 anos de história

Mensagem  Pedro em Qua Mar 28, 2012 4:03 am

Valeu gente.
Gostei do texto por ser simples, objetivo e dar uma boa visão da evolução do Opalão.
avatar
Pedro
Opaleiro de Carteirinha
Opaleiro de Carteirinha

Número de Mensagens : 168
Idade : 55
Localização : Joinville - SC
Data de inscrição : 02/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Opala: mais de 40 anos de história

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum