gasolina x alcool

Ir em baixo

gasolina x alcool

Mensagem  MALAKA_OPALA82 em Seg Nov 03, 2008 6:15 pm

oq é gasolina ??? ,,,,,, oq é alcool ???

vale a pena ler tudo Cool

Como a conversão de motores à gasolina para usar álcool como combustível esta em alta, como saber se vai ser bom , a melhor forma de fazer isto é explicar as diferenças entre os combustíveis e o que isto pode acarretar no comportamento de um motor ciclo Otto. Assim, quem quiser converter o motor pode te uma idéia dos problemas que podem ocorrer e por que eles ocorrem.

A Gasolina:

A gasolina não é uma substância pura: É uma mistura de centenas de hidrocarbonetos que têm entre 3 a 12 carbonos, proveniente de uma faixa da destilação do petróleo. Há componentes mais leves e mais pesados na gasolina. Conforme o tempo passa, os mais leves se evaporam, deixando apenas os mais pesados. Por isso se diz que a gasolina “ficou velha” ou “estragou”. Em aproximadamente 2 meses, a gasolina muda sua composição por causa da evaporação dos componentes leves, sobrando os mais pesados, que costumam ter octanagem menor. Por isto é que a gasolina velha pode causar “batidas de pino” no motor. Normalmente, quanto maior o número de carbonos na cadeia (mais pesada é a molécula), menor é a octanagem: Por isto o querosene e outros solventes, se misturados à gasolina, fazem o motor “bater pino”. Estes componentes mais pesados também têm uma vaporização mais difícil. Quando expostos ao calor em estado líquido, vão se degradando e formam a conhecida “borra” de gasolina. A gasolina vendida no Brasil tem, por lei, 25% de álcool etílico em volume na sua composição, para reduzir a emissão de poluentes. Outra coisa que não se fala (não sei por que…) é que a gasolina, por conter hidrocarbonetos aromáticos (como o benzeno) na sua composição, é cancerígena, especialmente se inalada em excesso. Com certeza não há estudos sobre isto (não “interessa” que haja…), mas a incidência de câncer entre os frentistas, que trabalham expostos aos vapores da gasolina, provavelmente é muito mais alta do que no resto da população.

O Álcool:

O álcool, ao contrário da gasolina, é uma substância pura (etanol), embora seja encontrado nos postos como sendo uma mistura de 95% de etanol e 5% de água, em volume. É uma molécula cuja fórmula é C2H5OH. Por ter oxigênio na composição, a molécula ganha uma polaridade que faz com que o álcool seja líquido à temperatura ambiente (o etano, C2H6 é um gás) pela maior coesão entre as moléculas. É um combustível que não deixa borras, sendo bem mais “limpo” que a gasolina, ao contrário do que se pensava nos primeiros anos do Proálcool. Tem a desvantagem de ser mais corrosivo no estado líquido que a gasolina, o que demanda um tratamento anticorrosivo nos metais que têm contato com o álcool em sua fase líquida, normalmente através de um revestimento com um metal que não reaja com ele, como o níquel, usado para revestir o Zamak dos carburadores.

As diferenças entre os combustíveis:


Poder calorífico (capacidade de gerar energia)

O álcool, por conter oxigênio na molécula, tem um poder calorífico menor que o da gasolina, uma vez que o oxigênio (34,7% do peso molecular do etanol é oxigênio) aumenta o peso molecular, mas não produz energia. Isto explica a menor km/l de um motor a álcool em relação ao mesmo motor a gasolina. O álcool hidratado (95%) produz a energia de 20,05 MJ/litro, enquanto a nossa alcoosolina (25% de álcool) produz 27,57 MJ/l. Por aí já se vê que a 1 litro de gasolina produz 37,5% mais energia do que 1 litro de álcool: Daí, em um motor com o mesmo rendimento térmico que a gasolina faz 10 km/l irá fazer 7,27 km/l a álcool.

Proporção estequiométrica:

O álcool tem proporção estequiométrica de 8,4:1 (8,4 partes de ar para cada parte de álcool) em massa, enquanto a gasolina tem 13,5:1. Para a mesma massa de ar, é utilizados 60% a mais de massa de álcool. Em volume, é necessários mais 43% de álcool do que de gasolina. Por isto, bicos para álcool têm que ter uma vazão em torno de 50% maior do que bicos para gasolina. Uma coisa interessante que decorre disto é a seguinte: Apesar de a gasolina fornecer mais 37,5% de energia, o fato de ser necessário 43% a mais de álcool para a mistura faz com que um motor ganhe em torno de 5% de torque e potência só de passar a queimar álcool.

Octanagem

O álcool tem um maior poder antidetonante do que a gasolina. Enquanto a gasolina comum tem 85 octanas, o álcool tem o equivalente a 110 octanas. Isto significa que ele consegue suportar maior compressão sem explodir espontaneamente. Isto faz com que um motor a álcool possa ter uma taxa de compressão maior do que um motor a gasolina. Enquanto as taxas para gasolina variam entre 9 e 10,5:1, as taxas para álcool ficam entre 12 e 13,5:1. Como o rendimento térmico de um motor (rendimento térmico é quantos % da energia do combustível é transformada em movimento pelo motor) aumenta conforme aumenta sua taxa de compressão, os motores a álcool tendem a ter um rendimento térmico maior do que um motor a gasolina, compensando parte do menor poder calorífico. Assim, nosso motor não faria apenas 7,27 km/l, faria algo entre 7,5 e 8 km/l, devido ao melhor aproveitamento da energia do combustível. A velocidade da chama do álcool é menor, demandando maiores avanços de ignição.

Calor de vaporização

O álcool tem um calor de vaporização de 0,744 MJ/l, enquanto a gasolina tem 0,325MJ/l. Isto quer dizer que o álcool necessita de mais do que o dobro de energia para se vaporizar. Esta vaporização acontece dentro do coletor de admissão, nos carros carburados e com injeção monoponto. A energia para vaporizar é conseguida através do calor do motor, que também aquece o coletor. Porém, ao se vaporizar, o combustível diminui a temperatura do coletor, pois está “roubando” energia. Não é difícil concluir que o álcool “rouba” mais que o dobro de energia, diminuindo muito mais a temperatura do coletor. Se a temperatura cair muito, o combustível não se vaporiza mais e caminha em estado líquido pelo coletor, causando uma súbita falta de combustível na mistura, fazendo o motor falhar. Para evitar isto, faz-se passar água do radiador pelo coletor de admissão, para aquecê-lo. Este aquecimento é muito mais necessário em um motor a álcool, pela sua maior demanda de energia para vaporizar-se.

Ponto de fulgor

Uma explosão é uma reação em cadeia. Quando uma molécula de combustível reage com o oxigênio presente no ar, ela gera energia, que faz com que a molécula vizinha também reaja e por aí vai. O ponto de fulgor é a temperatura a partir da qual pode haver uma quantidade suficiente de combustível vaporizado a ponto de gerar uma reação em cadeia. Bem, o ponto de fulgor do álcool é 13ºC. Isto significa que não é possível haver combustão do álcool abaixo desta temperatura. Isto explica por que é necessário usar gasolina para a partida a frio em motores a álcool em temperaturas baixas. O ponto de fulgor da gasolina pura é de aproximadamente -40ºC.

Estas 2 propriedades acima decorrem do oxigênio presente na molécula do álcool, que a polariza. Isto faz com que a força de coesão entre as moléculas seja maior do que as da gasolina, que se mantém líquida pelo maior peso de suas moléculas, apolares em sua grande maioria. A menor atração molecular da gasolina é que faz com que esta tenha menor calor de vaporização e ponto de fulgor.

Resumo:

Pelas razões explicadas acima, podemos concluir que, para fazer um motor à gasolina funcionar a álcool precisa das seguintes mudanças:

1) Taxa de compressão (para aproveitar a maior octanagem)
2) Proporção de combustível (43% maior, por causa da relação estequiométrica)
3) Curva de avanço de ignição (menor velocidade de chama)
4) Aquecimento do coletor em coletores úmidos (carb. e monoponto) ? maior calor de vaporização
5) Sistema de partida a frio (alto ponto de fulgor)
6) Niquelamento do carburador (em carros carburados)

OBS:

(Item 1): Pode ser conseguido através da utilização de pistões mais cabeçudos ou rebaixamento do cabeçote.

(Itens 2 e 3): São feitos remapeando o chip de injeção ou troca de giclês/distribuidor (carburados).
avatar
MALAKA_OPALA82
Opaleiro Iniciante
Opaleiro Iniciante

Número de Mensagens : 16
Localização : CURITIBA -PR
Data de inscrição : 01/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: gasolina x alcool

Mensagem  c.anton2500 em Seg Nov 03, 2008 6:18 pm

Prefiro a gasosa, sem frescura pra pegar! Alguem já encheu o tanque de podium? Laughing

_________________

Opala Diplomata Coupé 4cil (98 cavalos puro sangue!)

Coisas que só a GM FAZIA para você...

http://espiritodosopalas.blogspot.com/
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=48606573
avatar
c.anton2500
Admin
Admin

Número de Mensagens : 196
Localização : Palhoça
Data de inscrição : 01/11/2008

Ver perfil do usuário http://espiritodosopalas.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

troca de combustivel

Mensagem  muhamed em Seg Nov 03, 2008 6:42 pm

Bah eu to kerendo voltar o meu diplo pra Alcool....o tanque do bixo venenoso de grande, é de 100 litros e bem regulado compensa a difereça de consumo e preço. Hoje eu gasto 262 reias pra enxer o tanke de gasosão e se for de alcool da bem menos....sobra pra faser churrasco com as gatinhas e os amigo....
avatar
muhamed
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 321
Idade : 39
Localização : Piratuba
Data de inscrição : 02/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: gasolina x alcool

Mensagem  gran luxo 4100 em Seg Nov 03, 2008 7:24 pm

eu vo na gasosa, vo colocar pistao cabeça reta 040, rebaixar o cabeçote um pouco, qero t uns 10 d taxa p pode andar na gasol, sem ter problemas, pois c passar disso tenho q usar alcool, o q nao pretendo, talvez misturar um pouco, ou usar podium, é isso ai, abços
avatar
gran luxo 4100
Opaleiro
Opaleiro

Número de Mensagens : 71
Localização : Balneário Camboriú SC
Data de inscrição : 01/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: gasolina x alcool

Mensagem  MALAKA_OPALA82 em Qua Nov 05, 2008 5:56 pm

aaa entao o meu é orginal a gasosa ,,,,,,, mandei rebaixar o Cabeçote,,,, para continuar andando na gasosa e ganhar alguns cavalinhos a mais ,,rsrsr mas vou passar ele para alcool esse fim de mês ,,, apenas mudando os gicres e outras pesinhas ,, já fiz isso com um carro com motor ap ,,, ficou bom ,,,,,,,, depois de feito coloco para vcs os resultado sendo bom o ruim vou colar ,,rsrsr,,, Cool
avatar
MALAKA_OPALA82
Opaleiro Iniciante
Opaleiro Iniciante

Número de Mensagens : 16
Localização : CURITIBA -PR
Data de inscrição : 01/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: gasolina x alcool

Mensagem  RHCESPECIAL1974 em Qui Nov 06, 2008 8:47 pm

A respeito de gasolina podium, que muitos pensam com esse combustível a carro vai virar um foguete, leiam o texto do site da Petrobras. E mais não é gasolina pura, tem a mesma proporção de álcool que a comum e aditivada. É meio extenso, mas vale a pena ler.

1) O que é a gasolina Petrobras Podium?

- É um novo conceito de gasolina que tem a aprovação da Equipe Williams F1. Ela foi desenvolvida utilizando-se a mesma tecnologia empregada pela Petrobras na concepção da gasolina de Fórmula 1.

Legalmente, para efeitos de classificação na ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), é uma gasolina tipo Premium, com características diferenciadas: possui octanagem de 95 unidades (IAD – Índice Antidetonante), menor teor de enxofre (30 ppm) e composição especial que evita o acúmulo de resíduos no motor.

Voltar


2) Quais são as características principais da gasolina Petrobras Podium?
- A gasolina Podium tem uma octanagem de 95 unidades (IAD – Índice Antidetonante), menor teor de enxofre (30 ppm) e composição especial que evita o acúmulo de resíduos no motor.

Voltar


3) Qual é a diferença entre a gasolina Podium e as gasolinas de 89 e 93 octanas, vendidas nos EUA e na Europa?
A gasolina Petrobras Podium, possui um Índice antidetonante (IAD) mínimo de 95 unidades, portanto maior que os valores de 91 e 93 de gasolinas vendidas nos EUA e na Europa, respectivamente.

A grande diferença entre as gasolinas vendidas nos EUA/Europa e no Brasil é a adição obrigatória (por força de lei federal) de 23% de álcool em toda a gasolina brasileira automotiva. Nos EUA não é obrigatória à adição de álcool.

4) Quais os benefícios do seu uso?
• Maior durabilidade do motor (menor formação de depósitos nos motores, possibilitando aumentar os intervalos entre as manutenções);
• Baixo nível de emissões de gases poluentes no meio ambiente (menos poluente);
• Melhor desempenho (resposta) nas retomadas de velocidade (somente para os veículos que requerem uma gasolina de alta octanagem).

Voltar


5) Para quais veículos a gasolina Petrobras Podium é recomendada?
A gasolina Petrobras Podium atende às especificações da ANP, órgão regulador brasileiro, logo ela pode ser usada em qualquer veículo, trazendo benefícios ao motor, pelo baixo nível de depósito e menor impacto ambiental, pela baixa emissão de poluentes.

O melhor desempenho nas retomadas de velocidade, porém, só será percebido pelos veículos que requerem uma gasolina de alta octanagem.

Voltar


6) O uso da Podium pode danificar um motor pelo fato dele ter baixa taxa de compressão?
O uso de uma gasolina de alta octanagem, como a gasolina Petrobras Podium, não danifica nenhum motor, mesmo que ele tenha baixa taxa de compressão.

Voltar


7) A gasolina Petrobras Podium pode ser usada em motores de popa?
A gasolina Petrobras Podium é uma gasolina que atende às especificações da ANP, órgão regulador, portanto pode ser usada em qualquer motor.

Ela é uma gasolina aditivada e, portanto, só não deve ser usada em casos onde o fabricante do motor contra-indicar o uso de uma gasolina aditivada.

Voltar


Cool Se usar a gasolina Petrobras Podium, o carro ficará mais potente?
A potência de um carro é definida pelo fabricante no projeto do motor. A gasolina Petrobras Podium poderá proporcionar um total aproveitamento da potência projetada.

Voltar


9) A Petrobras Podium oferece também um melhor rendimento?
Testes realizados com a gasolina Petrobras Podium em condições padrão mostraram que o consumo de combustível não varia significativamente com o seu uso, no entanto temos recebido manifestações de clientes que indicam uma melhora no consumo com o uso desse combustível.

Como regra geral, pode-se dizer que o consumo de combustível é muito mais afetado pela maneira de dirigir e pelo trânsito do que pelas características da gasolina. Por que não experimentar e verificar se o uso da gasolina Petrobras Podium poderá trazer melhora no consumo?

Voltar


10) Uma gasolina com maior octanagem pode ser mais econômica?
Nos testes realizados antes do lançamento da gasolina Petrobras Podium, foi observado que não há diferença de consumo entre as diferentes gasolinas: Comum, Premium e a Podium.

A diferença de consumo que se observa entre dois motoristas pode ser de até 15% e a observada entre situações de trânsito diferentes pode chegar até a 20%. Portanto, o que menos influencia o consumo é a octanagem da gasolina, no caso de automóveis.

No caso de motos, onde a relação potência/peso é muito grande, já recebemos manifestações de consumidores, que afirmam notar diferença entre o consumo quando usam uma gasolina ou outra, sendo menor o consumo quando utilizam a Petrobras Podium.

Voltar


11) A gasolina Petrobras Podium tem álcool? Qual é o teor utilizado, hoje?
Sim. Todas as gasolinas automotivas comercializadas no País, por força de lei federal (aprovada pelo congresso), recebem a adição de álcool anidro - hoje, no teor de 23%.

Voltar


12) A gasolina Petrobras Podium tem chumbo?
Não. O Brasil, em 1989, foi um dos primeiros países a retirarem o chumbo de suas gasolinas automotivas. O chumbo era utilizado para aumentar a octanagem da gasolina, mas, por questões ambientais, vem sendo gradualmente eliminado.

O chumbo somente é utilizado na gasolina de aviação, sendo seu uso prejudicial aos carros equipados com catalisadores de sonda-lâmbda.

Voltar


13) A gasolina Petrobras Podium é aditivada?
Sim. Como as gasolinas aditivada e Premium, a Petrobras Podium também recebe a adição de aditivos que têm a função de limpar e manter limpo todo o sistema de alimentação de combustível do veículo (tanque, bomba de combustível, tubulações, carburador, bicos injetores e válvulas do motor). Vale lembrar que nos EUA toda gasolina é aditivada.

Cada distribuidora possui o seu aditivo, considerando segredo comercial e revelado só para a ANP.

Voltar


14) Deve ser adicionado algum aditivo extra na Podium para a limpeza dos bicos injetores?
A gasolina Petrobras Podium contém os aditivos necessários para manter o motor limpo, não sendo, portanto necessário o uso de nenhum produto a mais. As gasolinas BR-SUPRA (Aditivada) e BR Premium também não necessitam de nenhum aditivo extra para manter o motor limpo. Pela sua formulação de componentes e aditivos, a gasolina Petrobras Podium tem a capacidade de manter o motor limpo de modo mais eficaz do que qualquer gasolina disponível no mercado.

Voltar


15) Qual é o beneficio que se obtém mantendo o motor limpo?
Quando o motor é mantido limpo, a sua vida útil é maior e ele é menos poluente.

Desde 1995, toda gasolina comercializada nos EUA deve ser aditivada. Essa decisão teve como base o fato de que um motor limpo é menos poluente.

Voltar


16) É possível se misturar a gasolina Petrobras Podium com outras gasolinas?
Sim, porém os benefícios obtidos serão menores proporcionalmente à quantidade de outras gasolinas misturadas (o desempenho, por exemplo, não será o mesmo quando se mistura a gasolina Podium com outras gasolinas).

De uma forma geral, não se recomenda o uso intermitente de gasolina comum (sem aditivo) com gasolinas aditivadas.

A Petrobras Podium é uma gasolina aditivada. Toda gasolina aditivada tem poder detergente/dispersante e ao ser utilizada após um longo período de uso de gasolina comum, irá provocar entupimentos nos bicos injetores e nos carburadores. Por esta razão, deve-se tomar os seguintes cuidados:

- não encha o tanque do veículo com 100% de gasolina aditivada, pois agindo assim poderá provocar uma limpeza súbita, deslocando eventuais depósitos para pontos críticos, o que pode acarretar entupimentos e mau funcionamento;

- comece colocando uma mistura de, aproximadamente, 10% de gasolina aditivada e, a cada abastecimento, eleve este percentual, gradativamente, até atingir 100% de gasolina aditivada.

Uma outra alternativa é efetuar uma limpeza no sistema de combustão (tanque, tubulações e bicos injetores) antes de se utilizar a Petrobras Podium.

Voltar


17) Qual é a diferença entre a Podium e a Premium?
A gasolina Podium tem octanagem mais alta que a gasolina Premium e menor teor de enxofre.
A gasolina Premium está sendo substituída pela Podium nos Postos BR.

Voltar


18) Qual é a diferença de octanagem entre a Podium e as demais gasolinas? Qual é a diferença do teor de enxofre entre a Podium e as demais gasolinas?


DIFERENÇA ENTRE AS GASOLINAS BR
Comum Supra (Aditivada) Premium Podium
Octanagem (IAD) 87 91 95
Maior Desempenho
Enxofre (p pm) máx. 1000 30
Menos Poluente
Aditivo Não Sim
Corante Não Sim (verde) Não


Voltar


19) A gasolina Petrobras Podium é vendida em outros países?
Sim. A gasolina Petrobras Podium, desde junho de 2004 também é comercializada na Argentina.
Diferentemente do Brasil, onde a octanagem, é expressa em relação ao Índice Anti-Detonante (IAD), na Argentina, utiliza-se o método RON, e por isso, a Podium neste mercado é comercializada como " a primeira nafta 100".

Obs.:
Método MON (Motor Octane Number) - avalia a resistência da gasolina à detonação com carga total em alta rotação.
Método RON (Research Octane Number) - avalia a resistência do combustível à detonação, quando o motor trabalha com carga total em baixa rotação.
Método IAD - Média dos anteriores. A PODIUM brasileira pelo Método Pesquisa (RON) possui octanagem maior do que 100 unidades, sendo que as bateladas produzidas até hoje têm apresentado valores por volta de 105 unidades. Quanto ao Método Motor (MON), a octanagem da Podium no Brasil é de aproximadamente 90 unidades.

Voltar


20) Nos postos que comercializam a gasolina Petrobras Podium existe disponível também a gasolina Premium?
Não, pois a Petrobras Podium é uma gasolina que atende à especificação Premium e tem características diferenciadas.

Voltar


21) Como garantir que a gasolina Podium não será adulterada?
A Petrobras, preocupada em garantir a qualidade dos combustíveis para o consumidor, criou o programa "De Olho no Combustível". Este programa consiste no uso de laboratórios móveis que visitam os Postos Petrobras e realizam análises nos combustíveis comercializados para verificar a qualidade dos mesmos. Além disso, o laboratório verifica as condições de limpeza e armazenagem de produtos. Caso o posto esteja de acordo em todos os itens verificados, ele recebe um certificado atestando a qualidade dos produtos.

Voltar


22) Quais são as restrições para uso da gasolina Petrobras Podium?
Automóveis, motos, moto-serras, ciclomotores, cortadores de grama e motores de popa: sem restrições quanto ao uso da Podium

Aviões, aviação experimentais e ultraleves: não podem usar a gasolina Podium.

Voltar


23) É possível se usar a Petrobras Podium em ultraleves que possuem motor 2T?
O principal fabricante de motores para ultraleves, ROTAX, não recomenda o uso de uma gasolina com teor de álcool maior do que 10% em volume, logo a gasolina Petrobras Podium não se enquadra nas recomendações da ROTAX, pois é obrigada a ter em sua composição acima de 10% de volume de álcool (lei federal aprovada no congresso). Portanto, qualquer gasolina automotiva brasileira não é recomendada para ser usada em motores ROTAX.

A gasolina de aviação (AVGAS) não contém álcool, portanto ela pode ser usada nos motores ROTAX.

Voltar


24) A gasolina Petrobras Podium é equivalente à gasolina Gold da Esso ou à V-Power da Shell?
Não existe nenhuma gasolina equivalente à Petrobras Podium no mercado brasileiro, ela é a única.

Voltar


25) A gasolina Petrobras Podium pode ser utilizada em motos com motores 2 Tempos?
Ocorre que motores 2 Tempos possuem excesso de depósitos e o uso de uma gasolina aditivada, como a Podium, poderá remover esses depósitos, causando algum tipo de problema.

Recomendamos que seja verificado o Manual do veículo e, caso não haja nenhuma restrição ao uso de gasolina aditivada, ela poderá ser usada normalmente.

Voltar


26) Vale a pena trocar de combustível, ou seja, usar a gasolina Podium no lugar da comum?
A gasolina Petrobras Podium apresenta alguns benefícios que são facilmente percebidos em uns veículos e outros que não são facilmente percebidos, embora existam. Eles são:

- Maior durabilidade do motor (menor formação de depósitos nos motores, possibilitando aumentar os intervalos entre as manutenções);
- Baixo nível de emissões de gases poluentes no meio ambiente (menos poluente);
- Melhor desempenho (resposta) nas retomadas de velocidade (somente para os veículos que requerem uma gasolina de alta octanagem).

Dependendo do grau de importância dado aos benefícios, a gasolina Petrobras Podium pode ser uma excelente opção a ser usada em qualquer veículo.

No tocante à substituição da gasolina Comum pela Petrobras Podium, cabe ressaltar que a Podium é uma gasolina aditivada e que toda gasolina aditivada tem poder detergente/dispersante. Ao ser utilizada após um longo período de uso de gasolina comum, que não é aditivada, poderá provocar entupimentos nos bicos injetores e nos carburadores. Por esta razão, deve-se tomar os seguintes cuidados:

- não encha o tanque do veículo com 100% de gasolina aditivada, pois agindo assim poderá provocar uma limpeza súbita, deslocando eventuais depósitos para pontos críticos, o que pode acarretar entupimentos e mau funcionamento;

- comece colocando uma mistura de, aproximadamente, 10% de gasolina aditivada e, a cada abastecimento, eleve este percentual, gradativamente, até atingir 100% de gasolina aditivada.

Uma outra alternativa é efetuar uma limpeza no sistema de combustão (tanque, tubulações e bicos injetores) antes de se utilizar a Petrobras Podium.

_________________


Enquanto uns andam de carro do ano, eu ando no Carro do Século!
Ricardo HC
avatar
RHCESPECIAL1974
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 536
Idade : 37
Localização : Urussanga
Data de inscrição : 03/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Passar de Gasolina pra Alcool

Mensagem  muhamed em Qui Nov 06, 2008 9:51 pm

Ao invés de rebaixar o cabeçote, posso apenas mudar a giclagem do carbura pra eu comessar a usar o alcool?
avatar
muhamed
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 321
Idade : 39
Localização : Piratuba
Data de inscrição : 02/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: gasolina x alcool

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum